Com o objetivo de ampliar a oferta de leitos e serviços e garantir atendimento mais humanizado para a população, o Governo do Estado autorizou, na tarde desta quarta-feira (28), a publicação do edital para as obras de construção de novo bloco do Hospital Estadual São Lucas, no Forte São João, em Vitória.

Com esta obra, serão disponibilizados 43 novos leitos, sendo 21 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), 12 de semi-intensivo e 10 de Recuperação Pós-Anestésico (RPA), que não existe hoje na unidade.

CONTINUE LENDO APÓS A PUBLICIDADE

O evento aconteceu no auditório da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), na Enseada do Suá, em Vitória, e contou com a presença do governador, Paulo Hartung, do secretário de Estado da Saúde, Ricardo de Oliveira, presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado do Espírito Santo (CRM-ES), Carlos Magno Dalapícola, a presidente do Conselho Estadual de Saúde (CES), Josenir Valim, entre outras autoridades do Estado.

Com estas melhorias, o Hospital alcançará a qualificação máxima do Ministério da Saúde no atendimento em trauma, irá melhorar o fluxo do acolhimento do usuário, melhorar o acesso do SAMU 192 e reduzir o tempo de atendimento aos pacientes graves.

Além da ampliação da oferta de leitos e serviços, a unidade contará com heliponto. A obra de construção do Bloco IV será executada pelo Instituto de Obras Públicas do Estado do Espírito Santo (IOPES), com duração de dois anos. O edital será publicado na segunda (02) e a previsão é de iniciar as atividades em julho deste ano.

A área de construção da obra será de 3.835,56 metros quadrados. O investimento total será de R$ 26.497.230,01, sendo R$ 18.025.262,08 para obras e R$ 8.471.967,93, para compra de equipamentos.

Durante o evento, o governador Paulo Hartung lamentou as diversas burocracias que atrasam a produtividade do setor público. Paulo Hartung também falou sobre o desejo do Governo do Estado de concluir as obras do Hospital Estadual São Lucas. “Uma alegria grande neste dia que lançamos um edital importante porque, tudo correndo bem na área da burocracia, poderemos avançar para concluir esta obra em que há anos estamos trabalhando”, disse o governador.

O secretário Ricardo de Oliveira, ressaltou que esta obra vai permitir criar uma infraestrutura que irá permitir o hospital alcançar uma certificação máxima no Ministério da Saúde em relação a hospital de trauma. “É uma melhoria muito grande, muito esperada. O Hospital São Lucas é um hospital que a população capixaba tem muito carinho. Com esse edital a gente completa uma obra e consegue dar esse salto de melhoria ali, inclusive com heliponto. Vamos poder pegar pessoas em acidentes nas estradas e trazer de helicóptero direto para o hospital altamente qualificado”, disse.

Estavam presentes no evento de autorização do edital o diretor-geral do Iopes, Daniel Rosa; a diretora administrativa e financeira Helena Zorzal; o diretor de Edificações e Obras Públicas, Aurélio Meneguelli Ribeiro; o diretor de Planejamento e Articulação Setorial, Holdar de Barros; o gerente de Custos e Orçamentos, Marcelo Amorim; o gerente de Projetos, André Lima; o engenheiro Herbert Silva, e a arquiteta Melissa Yin. O governador agradeceu o empenho de toda a equipe do Iopes que trabalhou para o lançamento do edital.

Emprego

Durante a obra do Bloco IV do Hospital Estadual São Lucas, a estimativa é de abrir 80 vagas de emprego, sendo 50 diretos e 30 indiretos. As oportunidades serão para os cargos de auxiliar de obras, pedreiro, carpinteiro, bombeiro hidráulico, eletricista e encarregado de obra, dentre outras.

O Iopes orienta que os profissionais interessados nas vagas enviem o currículo para a empresa que vencer a licitação da obra ou que entregue no próprio canteiro de obra do hospital.

A obra será executada na Rua Raimundo Nonato, esquina com a Av. Marechal Mascarenhas de Moraes, Bairro Forte São João, Vitória-ES.

Perfil

Mantido pelo governo estadual, o Hospital Estadual São Lucas é administrado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, por meio de um contrato de gestão firmado com a Secretaria de Estado de Saúde desde dezembro de 2015.

O Hospital Estadual São Lucas é referência em Trauma, Cirurgia, Neurologia e Urgência/Emergência. A unidade hospitalar possui 457 médicos atuando nas especialidades de ortopedia, neurocirurgia, neurologia, cirurgia vascular/angiologia, cirurgia geral, anestesiologia, cirurgia torácica, cirurgia bucomaxilofacial, terapia intensiva, clínica médica, nefrologia, infectologia, nutrologia.

São 40 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), 14 de Unidade de Alta Dependência de Cuidados (UADC) e 121 leitos de enfermaria. O hospital também possui um ambulatório de especialidades cirúrgicas para pacientes que precisam de reavaliações, serviço de imagem com raios X, tomografia, ultrassonografia, ecocardiografia, eco-Doppler, endoscopia e colonoscopia, além de um Pronto-Socorro, aberto em dezembro de 2016.

Os pacientes podem contar com uma equipe multiprofissional durante o tratamento para a reabilitação, composta por enfermeiros, técnicos em enfermagem, terapeutas ocupacionais, psicólogos clínicos, assistentes sociais, nutricionistas clínicos, assistentes sociais, fisioterapeutas e fonoaudiólogos.